Voo longo? Dicas para dormir no avião sem acordar com dores

05 de janeiro, 2022

Voo longo? Dicas para dormir no avião sem acordar com dores

Para viajar cada um tem o seu ritual. Fazer a mala muito antes, fazer a mala de última hora. Assento mais à frente ou mais na traseira, corredor ou janela. Mala de mão ou despachada. Mas se tem uma coisa que une todas as tribos de viajantes (além do desprezo pelo assento do meio) é descobrir truques para dormir no avião de maneira minimamente confortável.

Porque as dificuldades não são poucas. Muito ruído, turbulência, levantar para as demais pessoas do corredor poderem se levantar também, criança chorando, a posição desconfortável…

Mas dá pra ficar melhor, ou pelo menos “menos pior”.

Dicas para dormir no avião

Porque ninguém quer perder o primeiro dia de viagem dormindo, né? 

1. Prefira voos noturnos

Se você tiver a opção, aposte em voos que aconteçam durante o seu horário regular de sono, ou seja, durante a noite no seu local de origem. Isso sobretudo se for um voo longo. 

Viajar à noite diminui a disrupção ao seu ritmo circadiano e faz dormir no avião uma tarefa mais fácil, já que o seu corpo estará acostumado a descansar naquele horário.

2. O dilema: afinal, é melhor um assento no corredor ou na janela?

Para dormir no avião, os assentos na janela são a melhor opção por dois motivos:

  1. Você tem um apoio para a cabeça.
  2. Você não precisa ficar acordando todas as vezes que um companheiro de voo decide se levantar para esticar as pernas.

Já no corredor, você até pode ganhar um espacinho a mais para as pernas, mas acaba correndo o risco de passarem por cima dos seus pés.

Mas sabia que até a escolha de que janela tem um truque extra? Escolha o lado do avião similar à sua posição de dormir na cama. Se você dorme virado para a direita, escolha as janelas da direita. Se você dorme virado para a esquerda, aposte nas da esquerda. Seu pescoço está mais acostumado à posição e dormir será uma tarefa um pouco menos complicada.

3. A escolha do figurino

Que tal deixar o look de desfile para outro dia? A não ser que você vá viajar na primeira classe e ganhe um pijama de presente da companhia aérea (bom, nesse caso você terá uma cama mesmo e não precisa de dicas pra dormir, né?)…

Para viajar, escolha roupas confortáveis e respiráveis, que não fiquem te apertando ou fazendo suar durante horas a fio. É hora de tirar do armário aquele moletom delicioso.

Ah, isso também ajuda na hora de passar no raio x, viu? Nada de ficar tirando cinto, tralhas do bolso…

4. A escolha dos sapatos

Sim, você também tem que pensar neles. Deixe o saltão na mala e vá com um tênis confortável ou sapatilha para o avião, se possível daqueles que você consegue pôr e tirar facilmente, sem precisar de cadarço. Se eles começarem a apertar, você pode tirar por alguns instantes (mas lembre-se de colocar quando for se levantar para passear pelo avião!)

Lembre-se de optar também por um calçado que fique mais folgado, já que devido à posição e pressurização os pés incham um pouco.

5. Use meias

Dormir de meias faz bem, sobretudo no avião, que costuma ser um ambiente bastante frio. Quando a temperatura está muito abaixo do normal, é tão difícil de dormir quanto no calor.

O uso de meias confortáveis e que aqueçam os pés pode aumentar em quase 8% a eficiência do sono e aumentar o tempo de sono em mais de 30 minutos. Inclusive na cama.

Meias de compressão

Elas não são nem bonitas e nem muito menos estilosas, mas podem ser um alívio para as suas pernas para dormir no avião, sobretudo em voos mais longos (acima de quatro horas) ou se você tem histórico familiar de trombose.

As meias de compressão criam pressão externa que diminui a estagnação do sangue nos membros inferiores e ajuda que ele retorne ao coração. Essa estagnação acontece graças à gravidade (afinal, são muitas horas na posição sentada). 

6. Aposte em protetores auriculares 

Ruídos de 60 decibéis aumentam em 25% a probabilidade de uma pessoa acordar. Dentro da cabine das aeronaves, o ruído é entre 78 e 84 decibéis, em média. Quando a gente fala que dormir no avião não é nada fácil…

O protetor auricular, desses que vendem em farmácia ou que a própria tripulação distribui, são seus aliados.

Você também pode optar por fones de ouvido com tecnologia noise cancelling (cancelamento de ruído), que além de eliminarem o barulho externo ainda permitem que você ouça algum tipo de ruído branco ou rosa (esses bons para o sono!) ou uma playlist de meditação, por exemplo. 

7. Máscara para os olhos

Não é por acaso que a luz é conhecida como uma das vilãs do sono…

Por mais que em voos noturnos a luz seja reduzida na cabine, ainda há muitos estímulos luminosos ao seu redor, como a luz de leitura ou televisões dos seus vizinhos. Tudo isso afeta a produção de melatonina e torna a tarefa de dormir no avião muito mais difícil.

Na falta da máscara, uma camiseta já ajuda a proteger os olhos.

O travesseiro Persono é usado para monitorar o sono e é recomendado pelos atletas do Time Brasil e pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro

8. Almofada de pescoço

Mais do que permitirem uma posição mais confortável durante o voo, as almofadas diminuem as movimentações do pescoço, o que ajuda no sono e diminui as dores quando você acordar.

A almofada é ainda mais importante para quem estiver nos assentos do meio e corredor, sem as paredes como apoio.

Evite os modelos com pelúcia, que podem irritar a pele e dificultam a troca de calor com o ambiente.

9. Evite o álcool

Se a ideia de beber para dormir já é ruim em terra, durante o voo é ainda pior.

A pressurização do ar na cabine, mais baixa que na grande maioria dos lugares, faz com que o corpo absorva menos oxigênio, efeito conhecido como hipóxia. Essa quantidade menor de oxigênio no sangue faz com que o álcool “suba” mais rápido. Ou seja: você fica mais bêbado, mais rápido.

Ao invés de dormir, você vai dar trabalho para a tripulação.

10. Recline a cadeira e abuse do apoio de pés

O corpo humano não foi projetado para dormir sentado. A posição reclinada do assento aumenta o conforto e ajuda a dormir no avião.

Quanto mais deitado melhor, mas se a cadeira chegar a uma inclinação de 40 graus já é o suficiente para aliviar a pressão nas pernas e melhorar a circulação. Só evite fazê-lo de maneira muito brusca e durante as refeições como forma de cortesia a quem estiver sentado atrás de você.

O apoio dos pés também ajuda a ficar ligeiramente mais confortável, por isso não guarde a bagagem de mão debaixo do assento. Lembre-se também de não cruzar as pernas sobre eles para evitar pressionar aquela que ficar embaixo.

11. Viaje cansado

No caso de voos muito longos, acima de oito horas, viajar cansado pode te ajudar a dormir “mais pesado” no avião. Valem estratégias como treinar antes de sair para o aeroporto e até “roubar” umas duas horas de sono na noite anterior (não mais que isso, ok?). 

Se alguém perguntar, não foi no Blog do Persono que você viu essa dica… 

12. Hidrate-se

A umidade do avião costuma ser entre 10 e 20%, bastante abaixo do recomendado pela OMS, que é entre 40 e 70%. Isso não apenas deixa garganta e nariz ressecados, como aumenta a probabilidade de você pegar algum vírus que esteja circulando. Ou seja: além de dificultar o descanso, pode te deixar doente.

Tomar água ajuda a aliviar tanto o risco de contaminação quanto o desconforto de dormir no avião.

Hidrate também a pele e os lábios com produtos que você tenha na necessaire. Dica: aposte por hidratantes com aroma de lavanda, que ajudam a dormir melhor

13. Deixe o cinto de segurança à vista

Pode não ser a forma mais elegante de se viajar, mas aqui quem manda é o conforto.

Se for usar um casaco ou cobertor para dormir no avião, passe o cinto por cima deles, garantindo que estejam à vista. Em caso de turbulência, quando os comissários passarem pelos corredores garantindo que todos estão usando o equipamento de segurança, eles não precisarão te acordar para que você coloque o seu. 

Bom voo e boa viagem!

Compartilhar artigo

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email