Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMenu

08 de junho, 2022

7 chás para dormir e seus benefícios para o corpo

7 chás para dormir e seus benefícios para o corpo

Os chás para dormir talvez sejam a solução natural mais antiga para ajudar com problemas de sono e também uma das mais populares. Os benefícios dessa bebida são conhecidos por todos. Quem nunca teve um parente indicando chá de camomila para ajudar a “se acalmar”?

Mas nem todos são indicados para ajudar a dormir. Há alguns anos a ciência vem descobrindo e comprovando os efeitos que cada chá causa. Eles podem ser bons diuréticos e ótimos contra vírus e infecções, por exemplo. É por esse motivo que vamos listar aqui apenas os chás com indicações científicas de que auxiliam no sono e que outros benefícios proporcionam.

E se você acha que pode beber chá à vontade pelo fato de ser natural, muita calma nessa hora. O conhecimento popular diz que a bebida faz bem, mas o ditado popular diz que “tudo demais é veneno”. Chás não devem ser consumidos na quantidade que desejamos. Você vai descobrir a dose ideal nesse post. 

+ Leia mais: A aromaterapia pode ajudar a dormir melhor?

Quais são os chás para dormir?

Antes de tudo é importante lembrar que os chás para dormir não nos fazem desmaiar. Eles são ótimos para induzir e melhorar a qualidade do sono, com alguns sendo mais fortes do que outros.

Camomila

Começamos essa lista com o clássico chá de camomila, super indicado por qualquer pessoa para quem precisa se acalmar. Essa fama não é à toa. A camomila é uma planta muito utilizada para fins medicinais. Seu efeito calmante está em um composto bioativo chamado apigenina

Um estudo feito por pesquisadores iranianos com pessoas idosas, grupo que geralmente sofre mais com problemas de insônia, percebeu melhoria na qualidade do sono dos participantes que fizeram uso da camomila. Outras diversas pesquisas também mostraram que a planta se mostrou eficaz na melhoria da qualidade do sono e no combate a distúrbios de ansiedade

Suas muitas propriedades também ajudam a tratar problemas gástricos, febre, gripe, dores de cabeça e problemas de pele, tornando-a popular entre os tratamentos naturais.

Erva-cidreira

A erva-cidreira é tão famosa quanto a camomila. Entre as suas propriedades está o tratamento de problemas gastrointestinais, dores de cabeça, ansiedade e estresse. Muito utilizado também para combater infecções por vírus e bactérias, o chá dessa planta tem efeitos calmantes que melhoram a qualidade do sono.

Pesquisadores europeus e norte-americanos perceberam uma redução de 42% dos sintomas de insônia em voluntários envolvidos em um estudo para avaliar os efeitos da erva-cidreira em quem sofria com esse distúrbio. A planta se mostrou eficiente também no alívio de sintomas de ansiedade. 

Valeriana

O chá de valeriana é feito a partir das raízes dessa planta. Seu uso para auxiliar pessoas a dormirem já é feito há muitos anos. Ela também combate problemas que podem prejudicar o sono, como estresse, nervosismo, dores de cabeça e palpitações cardíacas. 

A raiz de valeriana é eficiente para ajudar a dormir por conter dois sedativos naturais, o valepotriatos e o sesquiterpenos. Em um estudo sueco contendo principalmente o segundo, 89% das pessoas relataram melhora na qualidade do sono ao tomar chá de valeriana. 

Chá verde

Feito a partir da planta Camellia sinensis, o chá verde também pode combater alguns problemas relacionados ao sono, mas tem um detalhe. A versão com baixo teor de cafeína é a que deve ser bebida ou do contrário a pessoa ganha energia ao invés de relaxar.

Tanto adultos quanto idosos conseguem se beneficiar do chá verde, foi o que mostrou  pesquisas diferentes feitas por cientistas japoneses. Eles comprovaram a eficácia dessa bebida na melhoria da qualidade do sono dos dois grupos. 

Lavanda

Quando falamos de lavanda é provável que o chá não seja a primeira coisa que venha à nossa cabeça. A planta é mais conhecida pelo seu perfume. O cheiro da lavanda costuma ser utilizado em diversos produtos, desde perfumes até amaciantes e limpadores de casa. O óleo essencial de lavanda costuma ser usado em aromaterapias e ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse.

O chá dessa planta também tem função calmante. A bebida se mostrou eficaz em um estudo com mulheres que tinham acabado de ter filhos e que estavam com um sono de má qualidade. As participantes se sentiram menos cansadas. Já outro estudo feito com idosos mostrou que o chá de lavanda ajudou a diminuir sintomas de ansiedade e depressão.  

Magnólia

A casca da magnólia é a parte dessa planta da qual se faz o chá. Ela tem sido usada há anos por chineses e japoneses para o tratamento de ansiedade, asma, depressão, distúrbios gastrintestinais, dor de cabeça e outras enfermidades. A infusão da casca também auxilia na hora de dormir.

Assim como a lavanda, o chá de magnólia se mostrou eficaz para mulheres grávidas com problemas de insônia. Em um estudo feito por pesquisadores chineses, as novas mamães que tomaram a bebida por três semanas apresentaram melhoras em relação ao distúrbio.

Passiflora

Conhecida também como flor da paixão ou flor do maracujá, a passiflora é uma planta medicinal com propriedades para regular o ritmo cardíaco e a pressão arterial, amenizar sintomas de menopausa e ajudar quem sofre com déficit de atenção. Além de todos esses benefícios, o chá de passiflora diminui a ansiedade e melhora a qualidade do sono.  

Os benefícios dessa planta para o sono foram demonstrados por pesquisadores australianos. Em um estudo, eles comprovaram que durante uma semana bebendo uma xícara de chá de passiflora por dia, os participantes melhoraram a qualidade do sono. 

+ Leia mais: O que é ASMR, o viral da internet que ajuda muita gente a dormir

Qual a dose ideal dos chás para dormir?

Tantos benefícios nos deixam tentados a beber muitas xícaras de chá por dia. Mas não é bem assim que funciona. O excesso pode ser prejudicial. Alguns chás tendem naturalmente a ter cafeína (como é o caso do chá verde, chá mate, chá preto e chá branco). Essa substância consumida perto da hora de dormir ou em altas quantidades diminui a qualidade do sono.

Em geral, a quantidade vai depender de cada pessoa e do tipo de chá. O importante é observar os possíveis efeitos que a bebida pode causar no corpo, como náusea ou dores de cabeça. Não deixe de conversar com seu médico se estiver tomando chás para dormir. Em caso de dificuldades para pegar no sono, é importante ter também o acompanhamento de um especialista, que inclusive pode indicar o chá ideal e a quantidade certa.

Boa noite!

Compartilhar artigo

Descubra mais conteúdo sobre:

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email