As rotinas de sono dos famosos (e o que aprender com elas)

24 de março, 2021

As rotinas de sono dos famosos (e o que aprender com elas)

Todo mundo tem as suas próprias “estranhezas”. Isso é bom. O que te faz especial é aquilo que te faz diferente. É curioso conhecer as curiosidades dos outros conhecendo eles ou não. Por isso sempre viralizam na internet as listas de requisições loucas dos artistas para os seus camarins. Mas e na hora de dormir, como será o sono dos famosos?

Sem querer soltar nenhum spoiler, mas, acredite, alguns deles são tão excêntricos no quarto quanto nos bastidores de eventos. De pijamas tecnológicos e exclusivos a uma nuvem de umidade, passando por horários alternativos e câmaras de sono.

As mais loucas rotinas de sono dos famosos

Vamos aproveitar e ver o que dá para aprender com o sono dos famosos e trazer para a “vida real”. 

Mariah Carey

Se é verdade ou não, a gente não tem como saber, mas em 2007 a cantora americana dominou as revistas de celebridades ao contar a sua rotina do sono. Mariah Carey diz dormir 15 horas por dia “para poder cantar como eu quiser“, justifica.

Não existe um consenso médico da quantidade de horas de sono necessárias para um adulto. O número varia de 6 a 9 horas por noite.

Tem mais: Mariah ainda dorme com “literalmente” 20 umidificadores ligados. Em suas próprias palavras, seu quarto é “quase uma sala de vapor“. 

O que podemos aprender: Dormir, de fato, desidrata. São muitas horas sem ingerir líquidos e ainda suando. Mas um umidificador já é o suficiente, até mesmo para artistas. 

Tom Cruise

Em 2011, foi revelado que o ator e sua esposa à época, Katie Holmes, dormiam em quartos separados. O motivo: o ronco excessivo dele.

Só dormir em lugares diferentes não foi o suficiente para eles e Tom Cruise construiu em sua casa um Snoratorium, um “parlatório do ronco” em tradução livre. O espaço era isolado acusticamente para que a respiração barulhenta não atrapalhasse o sono dos demais.

O que podemos aprender: Roncar pode ser sinal de que algo não vai bem na saúde e, quando muito alto, é um dos principais sintomas da apneia do sono. Se esse for o seu caso, procure seu médico para investigar se você tem algum distúrbio do sono.

Príncipe William e Kate, Duquesa de Cambridge

Recentemente o sono do Príncipe William, herdeiro do trono britânico, e sua esposa Catherine, ganhou as manchetes do mundo todo. Isso porque foi revelado que durante uma turnê de trem eles dormiriam em camas separadas. O motivo não tem nada a ver com uma crise na coroa, mas sim é algo muito mais prático: o trem real não possui camas de casal nos aposentos principais.

Mas não acabam por aí as curiosidades do sono dos futuros rei e rainha. Diz a tradição que nenhum membro da família real pode ir para a cama antes da Rainha Elizabeth II, o que pode ser bastante difícil para algumas pessoas, já que ela é conhecida por ter um cronotipo vespertino

O que podemos aprender: Respeitar o seu cronotipo é essencial para garantir um sono de qualidade. Forçar-se a ficar acordado apenas por tradição não é a mais gentil das atitudes da etiqueta real. Não faça isso.

Michael Phelps

Outro que fez modificações estruturais em seu quarto foi Michael Phelps, um dos maiores atletas de todos os tempos. Mas o nadador é ainda mais radical que Tom Cruise.

Quando ainda competia, Phelps instalou em seu quarto uma espécie de câmara de ar que simula uma altitude de aproximadamente 2600 metros, com menos oxigênio disponível. Isso forçava o seu corpo a trabalhar mais duro para produzir células vermelhas do sangue e levar oxigênio para a musculatura. Como resultado, ele tinha mais resistência e menos dificuldade para competir em provas na altitude.

O que podemos aprender: Como outros esportistas, Phelps sempre viu no sono uma estratégia fundamental para as suas vitórias. Aliás, você já viu nosso post sobre o sono de atletas profissionais e amadores?

Tom Brady

Outro multicampeão que inclui o sono em sua estratégia de competições é Tom Brady, seis vezes campeão do Super Bowl. 

Com uma rotina de sono bem estabelecida, o jogador vai para a cama religiosamente às 21h e acorda às 6h. No seu quarto estão proibidas as luzes que atrapalham a produção de melatonina, mas o ar-condicionado é muito bem vindo, sempre a 18°. 

Mas ainda não acabou. Atualmente no Tampa Bay Buccaneers, Brady só vai para a cama com os pijamas que criou em parceria com a Under Armour. De acordo com o atleta, esses pijamas bioenergéticos são feitos com tecido que capturam o calor emitido pelo corpo e restauram os músculos mais rápido.

O que podemos aprender: Tom Brady é o sonho de qualquer médico do sono: dorme com regularidade, usa temperaturas amenas e deixa os eletrônicos pra fora do quarto. Essas três atitudes deixam o sono de qualquer um melhor.

Jennifer Lopez

Para a JLo, nada de excentricidades. O que ela faz questão mesmo é de no mínimo oito horas de sono por noite. “Dormir é a minha arma secreta”, ela chegou a declarar em mais de uma entrevista. “O que melhor funciona pra mim é dormir, água e um bom sabonete para a pele“.

A rotina de sono de Jennifer Lopez só mudou com a chegada dos gêmeos Max e Emme em fevereiro de 2008. Em entrevista à revista People, ela disse que os filhos a deixavam acordada até às 6 da manhã. 

O que podemos aprender: Cuidar da saúde do sono e dormir bem é o melhor presente que você pode dar para o seu corpo, estética e fisiologicamente falando. Sobre como conciliar o sono com um recém-nascido em casa contaremos em um post especial em breve aqui no Blog do Persono. 

Elon Musk

Conhecido pelas 120h de trabalho semanais e o hábito de dormir pouco, Elon Musk revelou recentemente que sentiu o impacto das poucas horas na qualidade do seu trabalho.

Tentei dormir menos, mas a produtividade total diminui“, afirmou certa vez.  Atualmente, o fundador da Tesla e da SpaceX dorme cerca de 6 horas por noite para continuar produtivo no trabalho.

O que podemos aprender: Nada de “trabalhe enquanto eles dormem”. Uma única noite mal dormida dificulta o aprendizado e diminui a capacidade cognitiva, entre outros. A longo prazo, o pouco sono traz prejuízos cardiovasculares, metabólicos e cerebrovasculares.

Nikola Tesla

Se Elon Musk aprendeu com o seu erro de dormir pouco, o mesmo não se pode dizer de Tesla. Suas duas horas de sono por noite o levaram a um surto mental com apenas 25 anos de idade.

Acham que ele mudou? Pois não mudou. Recuperado, Tesla voltou ao trabalho e às duas horas apenas na cama para o resto de sua vida.

O que podemos aprender: Duas horas de sono são um passaporte para uma saúde física e emocional debilitada e Tesla pagou um preço alto por isso. Você não vai querer repetir isso, né? 

Stephen King

Talvez não chegue a ser surpresa que o autor de clássicos da literatura sobrenatural e de terror como IT e Carrie, a Estranha seja um supersticioso quando o assunto é o sono.

Em sua biografia, Haunted Heart: The Life and Times of Stephen King, descobrimos que ele tem um ritual específico para a hora de dormir, que inclui lavar as mãos e ter os travesseiros apontando sempre na mesma direção. “O lado aberto da fronha tem que estar apontando para o lado oposto da cama. Eu não sei por que“, confessa.

O que podemos aprender: Se o seu ritual de sono te ajuda, faça o que for necessário para segui-lo fielmente todos os dias, mesmo que os outros não entendam. Aliás, você já ouviu falar em Higiene do Sono?

Charles Dickens

Já que estamos falando de autores famosos… Charles Dickens fazia questão de dormir sempre virado para o norte. Ele acreditava que isso melhoraria a sua criatividade.

Como ele sabia se estava na direção certa? Ele não ia nunca para a cama sem uma bússola de navegação.

O que podemos aprender: Apesar de não existir nenhuma pesquisa científica que prove que dormir virado pro norte, vale o mesmo que dissemos sobre Stephen King: se te ajuda a dormir, por que não?

Famoso ou não, todo mundo precisa de uma boa noite de sono. Afinal, melhor ser um supercampeão como Tom Brady do que enfrentar problemas de saúde aos 25 anos como Nikola Tesla.

Compartilhar artigo

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email