Quer receber mais conteúdos gratuitos sobre o sono?

CloseIconMenu

08 de abril, 2022

Por que a regularidade do sono é tão importante

Por que a regularidade do sono é tão importante

Se a repetição leva à perfeição, vamos repetir quantas vezes seja necessário: quando falamos da hora de dormir, a regularidade do sono é tão importante quanto as horas de sono.

Isso quer dizer que se você dormir 8 horas todas as noites, mas cada dia for para a cama em um horário diferente, o seu sono é potencialmente um sono de baixa qualidade. Os riscos à sua saúde mental e física são iguais ou, dependendo do caso, ainda maiores. 

Sim, a regularidade do sono é assim de importante.

O que é regularidade do sono?

Regularidade do sono é dormir e acordar todos os dias aproximadamente no mesmo horário, incluindo finais de semana, férias, feriados e datas festivas. Essa previsibilidade garante um ritmo circadiano de melhor funcionamento e sem estresses causados pelos ajustes constantes de horário.

Quando uma pessoa apresenta falta de regularidade do sono em dias não laborais, ela sofre do que é conhecido como jet lag social, um mal da sociedade moderna que busca compensar o sono de final de semana. Lembrando que o sono não pode ser compensado

É claro que é virtualmente impossível uma pessoa dormir e acordar religiosamente no mesmo horário todos os dias. Existem diversos fatores que impactam nisso, desde a vida social (a gente sabe que não dá pra pedir para alguém ir dormir cedo quando tem jogo do seu time na TV) até a saúde (dormimos mais quando estamos gripados, por exemplo), mas o esforço para que essa regularidade do sono aconteça é muito importante para garantir a saúde e para que se tire proveito de todos os processos que acontecem no nosso organismo apenas quando estamos adormecidos. 

O travesseiro Persono é usado para monitorar o sono e é recomendado pelos atletas do Time Brasil e pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro

Como calcular a regularidade do sono

Para o dia a dia, entender que a regularidade do sono é dormir e acordar no mesmo horário basta. 

Cientificamente, porém, foram criadas diferentes métricas que chegam a uma pontuação de regularidade do sono. Conheça algumas:

  • Sleep Regularity Index (SRI)Criado em 2017, o SRI mede a similaridade do ciclo vigília-sono de uma pessoa de um dia para o outro em uma escala que vai de 0 (totalmente aleatório) a 100 (sono perfeitamente regular). Ele representa a probabilidade de uma pessoa estar no mesmo estado (dormindo ou acordado) em quaisquer dois pontos do dia. 
  • Individual Standard Deviation (StDev) – Desvio padrão dentro da métrica de sono escolhida, como o ponto médio de sono. 
  • Interdaily Stability – Usa dados sobre os horários de sono e despertar para medir a estabilidade dos ciclos de vigília e sono de uma pessoa comparando padrões de atividade diárias. Quanto maior a estabilidade, maior a regularidade do sono.

O cálculo de jet lag social também é uma forma usada pela ciência para entender a regularidade do sono de uma pessoa. Quanto maior o jet lag social, menos regular é o sono.

+ Leia Mais: Aprenda a calcular o seu jet lag social

O que acontece se o sono quando o sono está desregulado

As consequências para as pessoas que não conseguem manter ter um sono regular seja por qualquer motivo, atingem a sua vida tanto no aspecto social quanto no pessoal e na saúde.

Por exemplo com os estudantes. Uma melhoria de 10% na regularidade do sono já aumenta consideravelmente a nota dos universitários

Nos EUA, por exemplo, essa pequena melhora foi capaz de subir, em média 0,1 ponto o GPA daqueles que participaram de um estudo. O GPA é uma espécie de nota média que vai até 4 pontos. 0,1 ponto a mais ou a menos pode ser o suficiente para um estudante ser aprovado (ou não) em uma universidade. 

O humor também é diretamente afetado pela regularidade do sono. Quanto mais regular é o sono de uma pessoa, maior é a sua autopercepção de humor e felicidade pela manhã e pela noite. Além disso, quanto mais baixo é o SRI de uma pessoa, maiores são os sintomas de estresse e depressão que ela apresenta. 

E a saúde física?

Dormir mal como um todo é um perigo para a saúde. A falta de regularidade do sono também é. 

A irregularidade das horas de dormir e acordar tem correlações com a probabilidade de desenvolvimento de problemas cardiovasculares em 10 anos, além de maior risco de obesidade, hipertensão, glicose de jejum aumentada e diabetes.

O metabolismo, a performance cognitiva e até mesmo a capacidade do organismo de lidar com inflamações também sofrem com os impactos da falta de regularidade do sono.

Vai dormir, mas apenas se for o seu horário habitual de sono (e se já passou dele também. nada de virar a noite).

Boa noite!

Compartilhar artigo

Descubra mais conteúdo sobre:

Leia também

Arrow
Arrow
Faça parte da comunidade Persono
Enviaremos somente conteúdos relevantes para contribuir com a qualidade do seu sono e não encher a sua caixa de email